Dinheiro compra pão, mas não compra gratidão... 
Entrar    Registo

Opinião do Banco


InfoBank.pt – Tudo sobre dinheiro e bancos em Portugal  >  Comparação de cartões de crédito de Bancos Portugueses

Comparação de cartões de crédito de Bancos Portugueses

Tamanho da letra:    Reduzir o tipo de letra  Restaurar o tamanho original  Aumentar o tipo de letra 
358

Usar o crédito de forma responsável é crucial para manter a saúde financeira.

Aqui estão algumas práticas recomendadas:

Utilize o cartão de crédito para compras planejadas e evite compras impulsivas. Mantenha um registro das despesas para monitorar o uso do crédito.

Sempre que possível, pague o saldo total do cartão no final do mês para evitar juros. Se não for possível, opte por pagar mais do que o mínimo exigido.

Não utilize todo o limite de crédito disponível. Mantenha um nível de utilização que permita pagar as dívidas de forma confortável.

Monitore as Taxas e Comissões - Esteja ciente das taxas de juros, comissões e encargos associados ao cartão e planeje os pagamentos para minimizar esses custos.

Revise Periodicamente as Condições do Cartão- As condições de crédito podem mudar. Revise regularmente as taxas e termos do seu cartão e compare com outras ofertas no mercado.

Abaixo está uma análise comparativa de seis cartões de crédito oferecidos por diferentes bancos em Portugal: Millennium BCP, Banco Inter, ABANCA, Oney, BBVA, e Montepio. A análise inclui um quadro comparativo das principais condições e exemplos de cálculos de empréstimos no valor de 1.500 euros. 
 
Quadro Comparativo

Banco Cartão TAN (%) TAEG (%) Limite de Crédito (€) Anuidade (€) Comissão por Atraso Exemplo de Empréstimo (1.500€ em 12 meses)
Banco Montepio Classic Montepio 8 11,4 1.500 18 3% + 4% recuperação Prestação: 130,79€; Total: 1.569,48€
BBVA Cartão Depois Classic 12,5 14,5 3.000 20 3% + 4% recuperação Prestação: 134,25€; Total: 1.611,01€
Millennium BCP Cartão Millennium 15,6 16,5 5.000 20 3% + 4% recuperação Prestação: 134,41€; Total: 1.612,86€
ABANCA ABANCA Silver 11,5 15,5 1.500 0 3% + 4% recuperação Prestação: 136,04€; Total: 1.632,48€
Bankinter Bankinter Consumer 16,1 19 10.000 15 3% + 4% recuperação Prestação: 137,92€; Total: 1.654,98€
Oney Bank Oney Auchan+ 18,1 18,9 1.500 0 3% + 4% recuperação Prestação: 143,72€; Total: 1.724,58€

Também é feita uma descrição detalhada das vantagens e desvantagens de cada oferta.

1. Oney Bank

Vantagens:
  • Sem anuidade.
  • Opções de pagamento flexíveis.
Desvantagens:
  • TAN e TAEG elevadas.
  • Comissão de atraso elevada.

2. Bankinter

Vantagens:
  • Limite de crédito muito elevado.
  • Anuidade baixa.
  • Flexibilidade nas opções de pagamento.

Desvantagens:
  • TAEG alta.
  • Comissão de recuperação de dívida elevada.

3. ABANCA

Vantagens:
  • Sem anuidade.
  • Taxa de juro nominal baixa.
  • Várias opções de pagamento fracionado sem juros.

Desvantagens:
  • Limite de crédito baixo.
  • Comissão de abertura em opções especiais de pagamento.

4. Millennium BCP

Vantagens:
  • Limite de crédito elevado.
  • Taxa de juro competitiva.
  • Variedade de benefícios associados ao cartão.

Desvantagens:
  • Anuidade de 20 euros.
  • Comissão de atraso elevada.

5. BBVA

Vantagens:
  • Taxa de juro competitiva.
  • Flexibilidade nas opções de pagamento.

Desvantagens:
  • Anuidade de 20 euros.
  • Comissão de recuperação de dívida elevada.

6. Banco Montepio

Vantagens:
  • TAN e TAEG muito competitivas.
  • Anuidade baixa.

Desvantagens:
  • Limite de crédito baixo.
  • Menos benefícios associados comparado com outros cartões.

A escolha de um cartão de crédito deve ser feita com base nas necessidades pessoais e na capacidade financeira de cada consumidor. Aqui estão algumas dicas importantes para tomar uma decisão informada:

Compreenda as Taxas de Juro: A TAN e a TAEG são indicadores essenciais do custo do crédito. A TAN representa a taxa de juro aplicada ao montante em dívida, enquanto a TAEG inclui todos os custos associados ao crédito, como anuidades e comissões. Optar por um cartão com uma TAEG mais baixa geralmente resulta em menores custos totais.

Avalie o Limite de Crédito: Certifique-se de que o limite de crédito oferecido é adequado às suas necessidades sem promover um endividamento excessivo. Um limite de crédito elevado pode ser tentador, mas deve ser usado com responsabilidade.

Custo das Comissões e Encargos: Verifique as comissões de anuidade, atraso de pagamento e outras taxas associadas ao cartão. Essas comissões podem aumentar significativamente o custo do crédito se não forem geridas adequadamente.

Flexibilidade nos Pagamentos: Considere as opções de pagamento oferecidas. Cartões que permitem diferentes modalidades de reembolso, como pagamento integral sem juros ou pagamentos fracionados, oferecem maior flexibilidade para gerenciar as finanças.

Benefícios Adicionais: Alguns cartões oferecem vantagens adicionais como programas de recompensas, seguros de viagem, e descontos em parceiros. Avalie esses benefícios e veja se agregam valor ao seu perfil de uso.

 A escolha do cartão de crédito ideal deve equilibrar custos, flexibilidade e benefícios, atendendo às necessidades individuais sem comprometer a estabilidade financeira.

Fonte: https://infobank.pt


Deixar um comentário
Sem comentários